Notícias

13/11/2017

Encontro na UEPG reúne dirigentes de órgãos federais

A integração entre as instituições motivou o encontro com os dirigentes de órgãos públicos federais,na última quinta-feira (9), na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Representantes da Justiça Federal, Ministério Público Federal, Delegacia da Receita Federal, Polícia Federal, Caixa Econômica e Exército foram recebidos, na Sala dos Conselhos (Reitoria - Campus Uvaranas) pelo reitor Carlos Luciano Sant’Ana Vargas e pela vice-reitora Gisele Alves de Sá Quimelli. Ainda participaram da reunião o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, pró-reitores e dirigentes universitários.

Luciano Vargas destacou a oportunidade de congraçamento com instituições que, em sua maioria, são parceiras da UEPG no desenvolvimento de projetos e promoção de eventos. “O objetivo é estreitar relações, prestando contas de atividades realizadas e apresentando a universidade que está posicionada entre as melhores instituições do mundo, conforme a publicação britânica Times Higher Education (THE)”.

Na apresentação da instituição, o reitor enfatizou, principalmente, o número de professores com titulação de mestre e doutor da UEPG, em percentual que chega a 94% dos 738 integrantes do corpo docente. “Desse total 60% são doutores, o que habilita a instituição a submeter projetos às chamadas públicas dos órgãos de fomento do governo federal, para a melhoria da infraestrutura e aquisição de equipamentos para pesquisa”. Mostrou ainda o posicionamento da instituição entre no restrito grupo de instituições com conceito 4 na avaliação do MEC. “Apenas 10% das instituições de ensino superior do país, em sua maioria da rede pública, ocupam nessa faixa”, disse.

O diretor do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HU-UEPG), Everson Augusto Krum, apresentou dados que demonstram a consolidação do HU como referência no atendimento aos usuários do SUS na região. Destacou recente parceria estabelecida com a Justiça Federal e o Ministério Público Federal que possibilitou a aquisição de equipamentos para diversos setores do hospital, entre eles a Maternidade, hoje aparelhada com ferramentas de estímulo ao parto natural. “Estas aquisições contribuíram, por exemplo, para a redução significativa do índice de cesáreas”.

Na sua participação, o secretário João Carlos Gomes fez uma radiografia da rede de ensino superior do Paraná, que conta com 90 mil alunos matriculados em 331 cursos de graduação presencial e mais 22 cursos de educação a distância (EaD). “As nossas sete universidades têm um perfil diferente, pela sua capilaridade, sendo as responsáveis pelo desenvolvimento do interior paranaense”, disse, comentando que, neste ano, o governo estadual investirá mais de R$ 3 bilhões no sistema de ciência, tecnologia e ensino superior”.

O secretário classifica o encontro com as instituições federais importantíssimo para o estabelecimento de uma relação que é fundamental para o avanço da rede ensino superior paranaense. Especificamente, ressaltou o caso da UEPG que tem buscado essas parcerias, proporcionando significativo avanço em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão. “Como gestores de órgãos do poder público, nas suas três instâncias, temos a obrigação de trabalhar em conjunto, visando o atendimento das necessidades da sociedade”, completou.

O juiz Antônio Cesar Bochenek, diretor da Justiça Federal em Ponta Grossa, se pronunciou nome dos demais dirigentes de órgãos do governo federal. “Agradecemos e parabenizamos a UEPG por pela iniciativa desse encontro”, disse, destacando a oportunidade conhecer com mais detalhes a instituição que desenvolve atividades nas mais diversas áreas. “Trata-se de uma ação que poderia ser adotada por todas as instituições”, comentou, ao adiantar que pretende realizar evento semelhante para também apresentar as atividades desenvolvidas pela Justiça Federal.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.