Notícias

06/11/2018

Mobilidade internacional é tema de reunião com representantes da Hungria

hungriaO secretário Décio Sperandio recebeu na tarde de segunda-feira (5), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o novo embaixador da Hungria no Brasil, Zoltán Szentgyörgyi, que assumiu o posto há dois meses. O embaixador estava acompanhado do Cônsul Honorário da Hungria no Paraná, Marco Aurélio Schettino de Lima e de professores e representantes do segmento cultural do país.

O secretário apresentou o Sistema Estadual de Ensino Superior e os programas Excelência no Ensino Superior e Paraná Inovador. Sperandio destacou a importância da cooperação internacional para o desenvolvimento de pesquisas e ampliação da qualidade do ensino superior do Paraná. “Queremos ampliar e intensificar o intercâmbio científico e cultural com a Hungria e a mobilidade internacional por meio de estudantes e professores pesquisadores dos cursos de graduação e pós-graduação contribuirá com o aperfeiçoamento da formação profissional e com o avanço da ciência”, disse.

O embaixador ressaltou as relações econômicas, tecnológicas e educacionais entre o Paraná e a Hungria. “Queremos expandir as relações, especialmente nas áreas da agricultura, em que o Paraná se destaca, e de pesquisa científica”.

“Além disso, também queremos tentar introduzir aqui a língua e a cultura húngaras”, afirmou o professor Ferenc Pál, da Universidade Eötvös Loránd, que acompanhou a reunião.

O Paraná oferta por meio da SETI e das sete universidades estaduais o Programa Paraná fala Idiomas que tem como objetivo capacitar professores, estudantes e agentes universitários para que possam participar de programas de mobilidade internacional. Atualmente são oferecidos cursos de língua inglesa e francesa para a comunidade universitária.

Durante a reunião, também foram discutidas formas de intensificar o intercâmbio entre estudantes brasileiros e paranaenses na Hungria. O país oferece todos os anos 250 bolsas de estudo para alunos brasileiros, financiadas pelo governo húngaro pelo programa Stipendium Hungaricum. O programa é direcionado para estudantes de graduação e pós-graduação.

O valor das bolsas é de aproximadamente 130 euros mensais para estudantes de graduação e mestrado. Os estudantes do doutorado recebem um auxílio mensal que está entre 450 e 580 euros.

PRESENÇAS – Acompanharam a solenidade o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antonio Carlos Bonetti; o diretor-presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento, Adalberto Netto; o reitor da Universidade Estadual do Centro-Oeste, Aldo Nelson Bona; o diretor geral da Secretaria da Cultura, Jader Alves; o diretor do Departamento Econômico Rural da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, Marcelo Garrido; o Adido Cultural Balazs Jozsef; o professor Ferenc Pál; o poeta húngaro, Dániel Levente Pál; a cantora húngara, Dorattya Bánkövi; a relações públicas do consulado Honorário da Hungria, Simone Ganz e os membros da Câmara da Educação Superior do Conselho Estadual de Educação do Paraná, professores João Carlos Gomes, Flávio Scherer e Avanir Mastey.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.