UEPG inaugura Ambulatório de Saúde Integrativa com programação especial
15/10/2021 - 09:05

O Ambulatório de Saúde Integrativa da Universidade Estadual de Ponta Grossa (ASI-UEPG) preparou uma programação especial voltada à saúde para toda a comunidade interna e externa em outubro, mês dedicado aos servidores públicos. Durante o mês, serão realizadas rodas de Terapia Comunitária Integrativa e exames de saúde.

O pró-reitor de Recursos Humanos, Gilmar Mazurek, explica que o ambulatório, inaugurado oficialmente com essa programação, é voltado para a promoção da saúde física e mental de servidores, professores, alunos e comunidade externa. “A Pandemia trouxe diversos complicadores para a vida cotidiana: um cuidado, uma suspeita, um espirro, um susto, tudo isto além de um longo período sem o contato pessoal, sem o calor, a interpretação dos diversos significados que as pessoas emitem durante suas conversas, a dificuldade de se reencontrar, de se sentir bem na companhia de outras pessoas, a falta de vontade e o medo de sair de sua ‘toca'”, enumera Mazurek. “Tudo isso pode ser dividido com os demais e trazer uma segurança e satisfação para nossas vidas”.

“Cuidar das pessoas tornou-se um dos aspectos mais importantes durante a pandemia e continuará sendo após ela”, garante Jeverson Nascimento, chefe da divisão de Qualidade de Vida da PRORH. “O ambulatório de saúde integrativa traz para a UEPG uma nova perspectiva quanto a esse aspecto, principalmente quanto à saúde mental de servidores e alunos”. Nas atividades desenvolvidas pelo Ambulatório, está a busca pelo bem-estar emocional, social e mental de forma integral, em uma nova visão da saúde e do cuidado com as pessoas.

Saúde Integrativa

A criação do Ambulatório de Saúde Integrativa em uma universidade é inovadora no cenário brasileiro. O espaço promove o autocuidado e bem-estar integral através de atendimentos psicológicos, rodas de Terapia Comunitária Integrativa e outras complementares, como acupuntura, auriculoterapia e florais. Como explica a chefe do ambulatório, Milene Zanoni, a saúde integrativa contempla uma perspectiva ampliada da saúde das pessoas e dos recursos que têm a potência de restaurar e promover a saúde. “O ambulatório tem uma perspectiva de trabalhar com saúde planetária, em que todos estamos interconectados uns com os outros e precisamos dar as mãos e produzir novos modos de viver, de nos relacionar e de produzir saúde”.

“Nesse tempo de pandemia, mudou a rotina, a vida, mudaram as relações, a forma como a gente trabalha, se comunica, como vive e a consequência desse processo pandêmico é de um aumento exorbitante no número de pessoas em sofrimento mental e com transtornos mentais”, relata a professora Milene, que atua no departamento de Enfermagem e Saúde Pública da UEPG. São utilizados recursos terapêuticos comprovados cientificamente, que têm foco especial no cuidado em saúde mental das pessoas. “O ambulatório vai trazer o que temos em tecnologia em saúde de ponta e tecnologias leves que se pautam nas inter-relações, na criação de vínculos terapêuticos, na conexão, com impacto direto na promoção da autoestima, na promoção da resiliência comunitária, na criação e fortalecimento de vínculos positivos saudáveis, e na promoção da saúde, efetivamente, pensando em uma forma ampliada”.

Programação

As atividades iniciaram na segunda (04), com Terapia Comunitária Integrativa e Dança Circular com os servidores do Restaurante Universitário, tendo como facilitadoras as professoras Milene Zanoni e Danilla Icassatti Corazza. Também aconteceu a Terapia Comunitária Integrativa online, aberta para a comunidade, com Tereza Miranda e Cleunice Souza, que deve acontecer ainda nos dias 18 e 25 de outubro, às 15h.

A Terapia Comunitária Integrativa online do Projeto Inspire, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, acontece no dia 20 de outubro, uma quarta-feira, às 17h. O encontro será pelo Google Meet e as inscrições podem ser feitas neste link. As facilitadoras serão Milene Zanoni, Tereza Miranda e Nilcea Mottin de Andrade. Em 21 de outubro, o projeto Ouvir&Autocura, parceria com o Centro de Valorização da Vida, acontece no Youtube, às 19h. Milene Zanoni, Gabriela Miranda e Antônio Carlos Vilela falam sobre a escuta como instrumento de cuidado e apoio emocional. Inscrições no link.

Os agendamentos para exames de Saúde da Mulher estão disponíveis para os dias 25 a 27 de outubro, com Jucelia dos Anjos e Laryssa de Col Dalazoana Baier, por meio dos ramais 3744 e 3469. A atividade é uma parceria com o Hospital Universitário.

O lançamento oficial do Ambulatório acontece em 28 de outubro, pelo Youtube, às 19h. Nomeado de “Flor&Ser – Em sintonia com o coração”, o evento conta com Milene Zanoni, Gustavo Arns, Vanessa Ratuchenei, Micheli Vaz e Bruno Madalozo.

Para entrar em contato com o Ambulatório, estão disponíveis os telefones (42) 3220-3744 e (42) 2102-8916.

Últimas Notícias