UEM reabre Restaurante Universitário do Campus Sede
12/05/2022 - 15:10

O superintendente geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Aldo Nelson Bona, e o reitor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Julio César Damasceno, participaram nessa quarta-feira (11) da reabertura do Restaurante Universitário do Campus Central. Os serviços do RU estavam paralisados desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Sobre a decisão de reabrir o restaurante agora, no final do ano letivo de 2021 e não no início próximo ano, sinalizado para 18 de julho, o reitor destacou o cuidado para com os estudantes que precisam desse suporte alimentar, inclusive durante as férias, assim como os servidores que também utilizam o serviço. “O atendimento à comunidade universitária pesou na decisão e a reabertura só não ocorreu antes devido a questões administrativas”, afirmou Damasceno.

Com capacidade para servir até mil refeições no almoço, o RU da UEM tem papel fundamental nas políticas institucionais de permanência estudantil. Os preços são acessíveis: R$ 5 para alunos e servidores que recebem até três salários mínimos e R$ 10 para os demais servidores. Cerca de 180 estudantes beneficiários do programa de auxílio alimentação são isentos da taxa. Esses alunos também recebem marmitex no jantar.

O pagamento das refeições pode ser efetuado com ticket próprio, adquirido no guichê de atendimento do RU. Já os cupons antigos devem ser trocados no local, com o acerto da diferença.

Neste primeiro dia de retorno foram servidas 550 refeições. Os estudantes Victor Gabriel Valero Guandalini (Comunicação e Multimeios) e Felipe Augusto Cancian (Zootecnia) aprovaram o cardápio. “O frango estava uma delícia e a comida bem quentinha e saborosa. As refeições servidas são boas, baratas e em abundância”, elogiou Victor.

O próximo passo será a ampliação dos serviços com inclusão do jantar, passando a atender também estudantes de vários cursos noturnos da instituição. O processo de contratação já está em andamento. Ao todo, foram abertas nove vagas: três para cozinheiros; quatro auxiliares de cozinha; e dois zeladores.