Parte do Napi Fenômenos do Universo, workshop de astronomia e astrofísica acontece em agosto
11/05/2022 - 09:10

A Rede Paranaense de Pesquisa em Fenômenos Extremos do Universo, que se consolida como um Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação (Napi), realiza de 15 a 26 de agosto o I Workshop de Astronomia e Astrofísica do Paraná. O objetivo do evento, que será online, é reunir especialistas observacionais, experimentais e teóricos em astronomia e cosmologia para discutir o estado da arte atual da área. Todos os pesquisadores que compõem o NAPI Fenômenos Extremos do Universo, organizado pelo Estado, estarão diretamente envolvidos.

O programa científico consiste em palestras e seções hands-on com ferramentas computacionais e minicursos das áreas. Alunos de mestrado e doutorado poderão apresentar seus trabalhos de pesquisa. A participação no workshop poderá ser associada à submissão de trabalho para apresentação ou não. Elas ocorrerão entre os dias 22 e 26 com 8 minutos para a exposição de slides e 2 minutos para perguntas.

Os tópicos incluem física de altas energias – raios cósmicos; cosmologia numérica e observacional; astronomia multimensageira; astronomia celeste; instrumentação astronômica; objetos compactos; e astronomia observacional.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 14 de agosto AQUI. O envio de resumos para apresentação deve ser feito até o dia 31 de julho.

São palestrantes os professores Alexandre Mello (UTFPR); Rafael Barreto (UTFPR); Luiz Stuani (USP); Rubens Machado (UTFPR); Marcelo Emilio (UEPG); Carlos Coimbra-Araújo (UFPR); Thiago Pereira (UEL); Sandro Vitenti (UEL); Jaziel Goulart Coelho (UFES); André Steklain (UTFPR); Clarissa Siqueira (IFSC/USP); Altair Gomes (UNESP); Geanderson de Carvalho (UNIVAP); Jean Carlo Santos (UTFPR); Rogério Menezes (UFF); Cynthia Vizcarra Ventura (UTFPR); e Laerte Sodré (USP).

“O NAPI Fenômenos é a primeira iniciativa do Paraná a congregar astrônomos, astrofísicos e cosmólogos com o objetivo de fortalecer esta área no Estado. Esta iniciativa foi bem recebida pela Fundação Araucária. Atualmente o NAPI Fenômenos está participando diretamente na construção do Observatório Cherenkov Telescope Array, maior de raios gama do mundo, além de estar diretamente ligado com as pesquisas de altas energias de radiação gama. Futuramente estaremos envolvidos em outras atividades de pesquisa e colaborações no Estado e internacionalmente”, destaca uma das organizadoras do NAPI, a professora da Universidade Federal do Paraná Rita de Cássia dos Anjos. 

O NAPI Fenômenos Extremos do Universo é um dos 25 arranjos de pesquisa e inovação organizados pela Fundação Araucária.